Muito foi dito sobre casamento entre pessoas do mesmo sexo (casamento homoafetivo), mas ainda existem muitas duvidas sobre o assunto.
E no mercado de casamentos não é diferente, além de dúvidas existe um despreparo total para atender os LGBTQs.
É comum dizerem que estão preparados para atender “esse” público, quando na verdade não, até porque não precisar existir um atendimento especial e sim um bom atendimento, focado em entender e atender o desejo do cliente.
O que percebemos é que o mercado quer atender porem precisam se preparar para que realmente possam ganhar confiança e respeito.

Falando sobre os eventos de casamentos, no último ano participamos de vários eventos direcionados aos casais que querem organizar seu casamento, eventos para vários perfis de casais financeiramente falando.

E para nossa surpresa, nos sentimos desconfortáveis, passamos por situações constrangedoras, desde a recepcionista dizer a um casal de dois rapazes que algo era somente para noiva, até noivos andando com pulseira ou adesivos escritos Noiva ou Bride, por não ter no evento pulseiras ou adesivos escrito Noivo ou Groom, ou seja, puro preconceito e despreparo, porque mesmo em um casal heterossexual o noivo pode contratar um item para o seu casamento, ir em eventos e a situação não é confortável para ninguém passar.

Continuando nesse tema, existe os fornecedores que muitas vezes não entendemos o grande interesse de atender os casais LGBTQs, uma vez que não estão preparados para isso, já ouvimos absurdos do tipo a adoramos fazer casamento de pessoas como “vocês” e por ai vai.

Os casais querem ser tratados como qualquer outro casal sem ser olhado ou tratado de maneira diferente, uma vez que temos o direito de casar como qualquer outro casal tudo deve ser igual, e o atendimento deve ser de excelência, todavia sem alguma diferença, pois tudo o que sempre buscamos foi a igualdade.

Enfim o dia do casamento, onde tudo deve ser combinado antes para que não haja nenhum tipo de constrangimento nem para o casal e muito menos para os seus convidados.

Dúvidas podem surgir, mas todas devem ser esclarecidas antes, um grande exemplo é como o casal deve ser anunciado, então sempre pergunte ao casal, não apenas por ser um casal de duas meninas ou dois meninos, mas para saber como gostariam de ser chamados.

Uma outra questão que deve ser esclarecida é a questão do beijo, muitos casais preferem não ter o beijo, por direito a privacidade, então não nos cabe julga-los e apenas respeitar a vontade dos dois e isso precisa ser avisado a equipe de foto e vídeo que pede muitas vezes para que o casal se beije.

Na nossa opinião o que falta na maioria dos casos é informação, por isso acho sempre importante falarmos sobre esse assunto.
Como dizemos para a todos os nossos casais, nada no casamento tem que acontecer por que alguém já fez e sim por que o casal gostaria que fosse dessa forma.

O mais importante é sempre respeitar as vontades do casal e realizar o sonho deles da melhor maneira possível, pois quando isso é feito dessa maneira o casamento realiza o casal e fica com a “cara dos noivos” e os convidados percebem isso em cada detalhe.